Por que as plataformas LMS de baixo custo são caras no longo prazo

Deskless worker learning on a tablet

Você já ouviu isso antes: “Não somos ricos o suficiente para comprar coisas baratas”. Ou seja, é provável que produtos baratos, ou plataformas LMS, precisem ser substituídos. Portanto, comprar um item de alta qualidade e duradouro é um melhor investimento. Isso também é verdade para plataformas SaaS e especialmente para Sistemas de Gerenciamento de Aprendizagem!

Você já tentou calcular o custo total do LMS? Ou o retorno do seu investimento (ROI) nessa plataforma? Além disso, você delineou seus KPIs para verificar se atinge suas metas dentro do seu orçamento?

O amanhã é a coisa mais importante da vida. Vem ter connosco à meia-noite, muito limpo. É perfeito quando chega e se coloca nas nossas mãos. Espera que tenhamos aprendido alguma coisa com o dia de ontem.

JOÃO WAYNE

Muitas organizações optam por começar com plataformas LMS de código aberto ou baratas. Eles acreditam que isso lhes permitiria manter baixos os custos de treinamento. Existem, no entanto, vários problemas nesta decisão. As organizações inscrevem-se nestes sistemas sem saberem do choque potencial nas faturas que as podem atingir.

Há certas coisas a serem observadas nas plataformas LMS para obter o melhor resultado possível. Como tudo, começa com a determinação do seu orçamento. Para determinar exatamente quais plataformas LMS sua organização pode pagar, você precisa saber o que procurar em um LMS. Especificamente, você precisa saber como determinar se os custos ocultos que acabam inflando seu orçamento de eLearning.

Uma plataforma LMS de baixo custo pode custar menos no início, mas à medida que seu programa cresce, também aumentará sua necessidade de uma plataforma com vários recursos que possa acomodar mudanças. Se seus dados não forem utilizados porque suas plataformas LMS não podem fornecer recursos de gerenciamento de dados, então sua plataforma já está lhe custando lucro potencial.

Custos ocultos

Além disso, recursos adicionais, como a automação de tarefas por meio de um LMS de nível empresarial, podem permitir que você deixe tarefas repetitivas e demoradas para seu LMS executar manualmente.
Por exemplo, embora o espaço de trabalho híbrido esteja agora na moda, as sessões ao vivo integradas tornaram-se um recurso crucial para qualquer LMS/LXP. Na verdade, as sessões ao vivo estão se tornando cada vez mais um recurso vital, então o que acontece se o seu LMS não incluir nenhuma plataforma de sessão ao vivo? Ela pode se tornar obsoleta. Existem até alguns que incluem gravação com Zoom automático em suas sessões ao vivo, então você nem precisa se lembrar de gravar (fica a dica: Enabley é uma delas 😉)

O seu LMS suporta todo tipo de arquivo? E arquivos grandes? Você irá precisar de integração com outros sistemas? A lista de requisitos pode ser gigante! A pesquisa que você realiza antes de tomar uma decisão é vital. Haverá alguns requisitos mínimos do sistema e outros que são interessantes de se ter.

Se um dos seus desafios é o baixo engajamento do usuário, talvez o seu sistema não esteja oferecendo a experiência que seus alunos desejam. Existe algum elemento de gamificação no seu LMS? Seus usuários conseguem discutir ou interagir? Eles podem escolher o que aprender por meio de um catálogo com diversos cursos disponíveis?

Aqui estão alguns recursos PRINCIPAIS que todo gerente de treinamento deve considerar:

Ferramentas Administrativas – em termos de relatórios, insights e capacidades de integração do sistema.

Suporte para sua organização – Você tem um CSM que trabalha com você para atingir seus objetivos?

Capacidade de gerenciamento de dados

Estrutura curricular flexível

O conteúdo pode ser caro – existem alguns LMS fortes que suportam todos os tipos de arquivo, ppt/pptx/zip (SCORM/HTML)/ Vimeo + YouTube/MP4 – faça sua pesquisa antes de descobrir que DEVE adquirir quaisquer tutoriais pagos adicionais.

Tempo é dinheiro – Com que rapidez você coloca sua plataforma no ar e disponibiliza aos alunos?

Custo de Integração e Manutenção

Funcionalidade de acesso a conteúdos offline

Então, como você pode descobrir se as plataformas LMS pretendidas têm alguma taxa oculta?

A ausência de custos ocultos significa que o preço cotado é o preço total para o Cliente, conforme cotado em qualquer orçamento, proposta ou outro documento fornecido ao Cliente.

Por outro lado, como você pode ver, existem muitos modelos de precificação para seu LMS/LXP – só você sabe o que é melhor para sua organização, mas sugerimos levar em consideração o tamanho da sua operação, seu nível de contratação e, claro, os objetivos de treinamento. É importante entender que há várias seleções que você deve fazer antes de chegar a um LMS. Com tantos provedores de LMS, é fundamental que você pense e considere cuidadosamente qual plataforma escolher e quais recursos não são negociáveis para você.

Defina os objetivos da sua empresa e as necessidades dos seus funcionários. A plataforma LMS deve satisfazer os requisitos da sua organização e dos seus funcionários. Não se esqueça de que seu objetivo é encontrar um programa que se adapte à sua organização e envolva ao máximo seus funcionários. Certifique-se de que seu LMS tenha o melhor custo-benefício possível para obter o melhor retorno possível do seu investimento. E fique dentro do seu orçamento, é claro.

Resumindo, é importante encontrar o LMS que atenda aos seus objetivos. O custo do LMS deve cobrir a maior parte do treinamento e das operações necessárias, como reuniões virtuais (gravações), fácil análise de dados e, claro, permitir que você use os materiais existentes. Antes de escolher o seu LMS, faça perguntas não só do mundo da formação, mas também do mundo da operação digital e seja capaz de transformar com segurança e facilidade da aprendizagem tradicional para a educação digital. Sucesso!

Partilhar a publicação:

Publicações relacionadas

Pular para o conteúdo